O futuro à respeito dos cuidados com animais de estimação

Today's Veterinary Business | Mark Shaw, emhttps://todaysveterinarybusiness.com/pet-care-parents/ Out'21


A medicina-veterinária precisa abraçar as novas tecnologia para atender às necessidades dos clientes digitalmente engajados.


Nos últimos 18 meses, vimos mudanças significativas em todo o setor de saúde animal, incluindo mudanças drásticas nos processos de trabalho e mudanças na relação veterinário-cliente evoluída. Impulsionados por um aumento na adoção de animais entre as gerações mais jovens, mais proprietários de animais agora buscam acesso a soluções digitais, bem como serviços que aumentam a conveniência e a eficiência. Embora a confiança nos veterinários permaneça alta e tenha crescido, ainda mais, ao longo do último ano, os donos de animais de estimação se esforçam para serem mais autoconfiantes, tendo um olhar mais crítico sobre os serviços e preços. De fato, 1 em cada 4 proprietários pesquisam opções de tratamento para animais de estimação, de acordo com um relatório da United Veterinary Services Association.


O cenário em rápida mudança e a crescente demanda por serviços digitais e de e-commerce podem adicionar novas pressões à medicina-veterinária que já enfrentam desafios crescentes. No entanto, adaptar-se às mudanças na dinâmica do mercado é fundamental para maximizar o sucesso das práticas e atender às expectativas em evolução dos novos tutores de animais de estimação.


Como vimos em todos os cuidados de saúde — humanos e animais — a pandemia e suas restrições de segurança subsequentes forçaram os provedores a renovar as operações diárias e aceleraram um impulso para ofertas de serviços mais digitais e convenientes, como entrega domiciliar, farmácias online e TeleMedicina. Embora os novos processos operacionais e o uso ampliado dos serviços digitais tenham sido inicialmente necessários para ajudar as clínicas a enfrentar os desafios trazidos pela pandemia, o uso contínuo dessas soluções — mesmo após a pandemia — permitirá que as clínicas otimizem as práticas de negócios e atendam às necessidades de um dono de animais de estimação mais engajado digitalmente.


Expandir serviços de e-commerce e farmácia online

Pesquisas recentes sugerem que os donos de animais de estimação estão dispostos a gastar mais em seus animais de estimação, com cerca de 90% dizendo que estão dispostos a pagar US$ 100 ou mais a cada mês. O aumento dos gastos globais com animais de estimação coincide com um aumento acentuado nas compras online, que saltaram quase 20% no último ano, de acordo com a Pesquisa Nacional de Proprietários de Animais de Estimação 2021-2022. Enquanto a maioria dos proprietários de animais de estimação continua a comprar medicamentos, suprimentos de limpeza, guloseimas e alimentos para animais de estimação pessoalmente em lojas físicas, uma porcentagem significativa está crescendo em compras on-line para produtos. Prevemos que a tendência continuará mesmo após a pandemia à medida que mais proprietários buscam maior comodidade de compras online.


Os serviços de farmácia on-line e outros deliveries aumentam a conveniência, ajudam a simplificar o estoque manual e melhorar a conformidade. Além disso, os serviços de assinatura com remessa automática ajudam a eliminar barreiras comuns que podem levar a lacunas no tratamento ou baixa adesão do cliente. Por exemplo, os veterinários podem criar serviços de auto envios para preventivos de vermes e produtos de pulgas e carrapatos, juntamente com notificações de texto ou e-mail que informam aos pais de animais de estimação que a prescrição foi preenchida.


Embora as vendas de farmácia online e e-commerce historicamente representem uma pequena porcentagem da receita para clínicas veterinárias, é importante considerar a mudança para mais compras online, particularmente entre os tutores de animais de estimação mais jovens. As clínicas veterinárias que estabelecerem ou, em alguns casos, que precisem expandir seus serviços de farmácia online e e-commerce estarão bem posicionadas para aumentar a receita e aumentar a regularidade.


Aumentar soluções de telessaúde

Desde o início da pandemia, muitas práticas veterinárias têm implementado serviços de TeleSaúde para possibilitar o acesso consistente aos cuidados veterinários e reduzir a necessidade de visitas presenciais, principalmente durante a pandemia. Soluções de TeleSaúde, como ferramentas de TeleTriagem, monitoramento remoto e consultas por vídeo ao vivo ajudam as clínicas a ampliar seus negócios, melhorar o relacionamento com os clientes e oferecer cuidados mais conectados.


Considerando às necessidade urgentes de clínicas introduzirem competências mais virtuais e remotas em meio à pandemia, a American Animal Hospital Association e a American Veterinary Medical Association emitiram diretrizes de TeleSaúde para a medicina-veterinária de pequenos animais. As diretrizes traçam estratégias de integração da TeleSaúde à rotina e enfatizam que a TeleSaúde está aqui para ficar, mesmo após a pandemia. A crescente demanda por soluções digitais é impulsionada, em parte, por adultos de 26 a 40 anos, que representam a grande maioria dos donos de animais de estimação iniciantes e respondem por mais de 50% da demanda do mercado, segundo a pesquisa da APPA.


Para proporcionar aos tutores de animais de estimação um melhor acesso e conveniência e agilizar as operações, as clínicas veterinárias devem considerar o uso da tecnologia para uma variedade de serviços, desde e-triagem e consultas especializadas até o monitoramento de condições crônicas, rastreando os sinais vitais de um animal de estimação, os níveis de sono ou glicose. Tudo isso à distância.


A integração dos serviços de TeleSaúde requer que as clínicas repensem seu fluxo de trabalho, o que pode parecer assustador para a rotina já sobrecarregada. Como tal, as práticas devem trabalhar com parceiros que ofereçam acesso a plataformas tecnológicas robustas e possam ajudar a incorporar os serviços no fluxo de trabalho. Por exemplo, a MWI Animal Health lançou recentemente uma equipe de estrategistas de soluções tecnológicas que trabalham em estreita colaboração com clínicas para ajudar a identificar as necessidades dos negócios e recomendar e implementar soluções. Embora a adoção da TeleSaúde ainda seja relativamente nova, as clínicas precisam agilizar esses serviços para oferecer um processo mais eficiente e harmônico.


Olhando para o futuro

Embora algumas das mudanças operacionais feitas durante a pandemia tenham sido temporárias, as mudanças nos comportamentos dos consumidores provavelmente serão muito mais permanentes. Clínicas veterinárias que abracem as expectativas evoluídas dos consumidores e invistam em serviços baseados em tecnologia estarão bem posicionadas para ter sucesso.


As clínicas devem aplicar lições aprendidas com a pandemia para melhorar suas ofertas baseadas em tecnologia e reforçar suas principais capacidades. Seja a expansão contínua dos serviços de farmácia online e ofertas de e-commerce ou tornar os serviços de TeleSaúde uma parte permanente de seu serviço, as práticas veterinárias devem se concentrar em recursos tecnológicos que aumentam a conveniência e o acesso. Com o apoio dos parceiros certos, as práticas podem implementar novas soluções que melhorem a eficiência operacional e permitam que as práticas atendam às necessidades de um tutor de animal de estimação mais engajado digitalmente, ao mesmo tempo em que continua a oferecer cuidados de alta qualidade.


Escrito por Mark Shaw, presidente da MWI Animal Health, uma das principais distribuidoras de produtos e serviços de saúde animal e parte da AmerisourceBergen.